Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Alimentação

 

A alimentação assume-se como um fator fundamental no processo educativo das nossas crianças/alunos e na missão do colégio, enquanto instituição educativa. Ao definirmos a educação e cultura alimentar como um dos primados da filosofia educativa do Colégio do Centeio, estamos a assumir uma preocupação e valorização desta temática nos serviços que oferecemos e práticas que desenvolvemos.

Cultura e Educação Alimentar
Saber comer é Saber Viver

A alimentação é uma necessidade fundamental do Ser Humano. Não basta satisfazer as necessidades biológicas e energéticas inerentes ao bom funcionamento do nosso organismo, é preciso “saber comer”, isto é, saber escolher os alimentos de forma e em quantidade adequadas às necessidades diárias, ao longo das diferentes fases da nossa vida.

O Colégio do Centeio aposta na educação alimentar como fator essencial do desenvolvimento da criança, partindo dos seguintes pressupostos:

▪ as crianças não estão dotadas de uma capacidade inata para escolher alimentos em função do seu valor nutricional;
▪ muitos dos hábitos alimentares são condicionados desde os primeiros anos de vida;
▪ os hábitos alimentares são aprendidos através da experiência, da observação e da educação;
▪ uma alimentação saudável durante a infância é essencial para permitir um normal desenvolvimento e crescimento e prevenir uma série de problemas de saúde ligados à alimentação, como por exemplo a obesidade infantil (uma preocupação actual).

Para o efeito, o colégio dispõe de um espaço alternativo que se destina a atividades de Cultura e Educação Alimentar, denominado “Casinha das Descobertas”, localizado no espaço exterior do colégio. Neste espaço existe uma kitchnet, utensílios básicos para confeção de alimentos, livros de receitas e uma bancada para apoiar a realização de ateliers.

Este espaço está intimamente relacionado com a horta, o pomar e a quinta pedagógica, pois pretende-se que as crianças possam acompanhar o processo de produção, desde a sementeira à colheita e confeção dos alimentos criados no próprio colégio, representando por isso, um prolongamento da sala de atividades/sala de aula.

Objetivos da Cultura e Educação Alimentar:

▪ promover atitudes positivas face aos alimentos e à alimentação;
▪ encorajar a aceitação da necessidade de uma alimentação saudável e diversificada;
▪ promover a compreensão da relação entre a alimentação e a saúde;
▪ promover o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis;
▪ descobrir hábitos alimentares saudáveis próprios da cultura tradicional local.


Refeições

Merenda da manhã:

- Creche, Pré-Escolar e CATL é composta por uma peça de fruta ou iogurte;
- 1º CEB é composta por uma peça de fruta ou iogurte e pão com manteiga, queijo, fiambre ou doce;

Almoço:

- 1º - Sopa
- 2º - Prato de peixe ou carne e salada
- 3º - Sobremesa (fruta ou doce)

Lanche:

- Pré-escolar, CATL e 1º CEB, leite, iogurte ou cereais; Pão com manteiga, queijo, fiambre ou marmelada ou bolo;
- Creche - Leite, iogurte, cereais ou papas; Pão com manteiga, queijo, fiambre ou marmelada ou bolo.


Ementas
Consulte abaixo as ementas elaboradas para as crianças dos 1 aos 2 anos e dos 3 aos 12 anos.

 

Ementas para Crianças dos 1 aos 2 anos

Ementas para Crianças dos 3 aos 12 anos

 

A construção das ementas evidencia a nossa preocupação e cuidado com o equilíbrio nutricional das refeições servidas diariamente.

As ementas são semanais (com uma rotatividade de 6 semanas) e, nas refeições principais, alterna-se diariamente, prato de peixe com prato de carne.

Os fritos estão ausentes, bem como os sumos e/ou refrigerantes.

Em Creche a alimentação poderá ter algumas especificidades aliadas às necessidades dos bebés e ao seu nível de desenvolvimento, tais como, sopa enriquecida, fruta cozida e papas.

Os lanches alternam entre o leite e o iogurte, acompanhados por pão com manteiga e queijo ou fiambre. Uma vez por semana, servem-se cereais acompanhados por pão com manteiga ou marmelada.

Para além do prato do dia, existe sempre o prato de dieta, nomeadamente em situações de saúde, intolerância ou rejeição a algum alimento.

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It