Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Novembro de 2015

Clube da Quinta

 

A turma do 1.ºA do Colégio do Centeio no seu tempo de oferta complementar dá vida ao Clube da Quinta. 

Responsáveis por organizar o espaço da horta do Colégio do Centeio, semear, plantar e ver crescer, é um prazer, isto quando tudo corre bem e as pragas não visitam as nossas plantações.

O Clube da Quinta tem como principais objetivos:

•Promover uma alimentação saudável com produtos biológicos (ou produtos vegetais provenientes de agricultura tradicional);

•      Sensibilizar a comunidade educativa para o respeito e defesa pelo ambiente;

•Valorizar o espírito comunitário na utilização do espaço comum e na manutenção do mesmo;

•Promover a formação pedagógica dos alunos do Colégio do Centeio, no que diz respeito à produção de alimentos saudáveis através de práticas amigas do ambiente;

•Proporcionar oportunidades para que os alunos do Colégio do Centeio observem e compreendam a origem de alguns alimentos, o ciclo de vida das plantas que os originam, a sua sazonalidade e as condições de produção;

•Promover hábitos de alimentação saudável;

   

A turma do 1.º A

 

Novembro de 2015

Partilha com a sala Lilás

 

A turma do 1.ºA do Colégio do Centeio adora receber e fazer visitas, às diferentes salas do Colégio. Este ano já recebemos a visita da sala Lilás e como manda a boa educação retribuímos e fomos visitá-los.

A partilha de experiências é sempre um momento mágico e quando se trata dos mais pequenos a ternura envolve-nos e a vontade de os agarrar, beijar e apertar as bochechas é incontrolável. 

Pela altura do pão por Deus partilhámos com a sala Lilás uma história dramatizada sobre as cores do arco-íris, contámos a história, cantámos uma canção e descobrimos que também eles estavam a trabalhar as cores do arco-íris e que cada um tinha a sua própria cor. Por essa altura a sala Lilás ofereceu-nos um bonito mobile para pendurarmos na nossa sala e não nos esquecermos deste bonito momento.

Na semana passada, fomos nós visitar a sala Lilás e assistir a uma pequena dramatização da história “A pequena nuvem”, na “Bebeteca”, foi mágico perceber que embora tão pequeninos os alunos da sala Lilás são capazes de grandes feitos.

    

A turma do 1.ºA

 

Setembro de 2015

A ovelhinha preta

 

Com o início do ano letivo chegam também um sem número de metas a adquirir e, sendo a matemática uma disciplina nuclear o principal objetivo do Colégio é que desenvolvamos atitudes positivas face a esta disciplina e que gostemos de aprender matemática.

Duas das noções mais abstratas de adquirir no primeiro ano de escolaridade são a noção de dezena e o valor posicional dos algarismos. Assim sendo e, inicialmente de uma forma muito informal, a nossa professora organizou um conjunto de tarefas que nos levaram a adquirir estas noções de uma forma lúdica. 

Para tal começamos por explorar juntamente com a turma do 2.ºA, a obra de leitura obrigatória a “A Ovelhinha Preta” adaptámos a mesma às nossas necessidades e trabalhámos as contagens até dez, conjuntos de dez, a noção de dezena e conceitos como direita e esquerda, já para não falar em outras noções associadas à leitura e à escrita, à formação cívica e educação para a cidadania.

Assim, desenvolvemos a noção de que “um conjunto de dez é uma dezena” e que podemos formar dezenas sempre que agrupamos dez unidades, de forma divertida e muito encorajadora das nossas aprendizagens. 

A turma do 2.ºA aproveitou e relembrou a obra, trabalhou a leitura, o trabalho em equipa, a apresentação de projetos e ajudou o 1.ºA a sentir-se seguro e a desenvolver a noção de pertença.

 

  

A turma de 1.ºA

 

Setembro de 2015

Bolo de diospiro

 

Habituados a preparar a reunião de pais com as suas educadoras, os alunos do 1.ºA estranharam o facto de no 1.ºciclo os professores não confecionarem um bolinho para a reunião de pais. A verdade é que ambas as valências têm dinâmicas um pouco diferentes e revestindo-se o primeiro ciclo de um caracter mais formal, nem sempre há possibilidade de explorarmos os nossos dotes culinários tanto como desejávamos. 

Mas desta vez a professora Ana cedeu e o inesperado aconteceu, um bolo de dióspiro que estava delicioso! 

Vindos do pomar do Colégio do Centeio e usados não só para a confeção do bolo mas também para trabalhar questões relacionadas com a maturação dos frutos e a correta forma de os colher, os dióspiros do Colégio revelaram-se uma excelente matéria-prima.

Aqui deixamos a receita para que experimentem em casa.

Ingredientes

•1 gema

•250g de açúcar

•2 colher (de sopa) de manteiga derretida e arrefecida

•4 dióspiros maduros (450 g de polpa)

•1 colher (de chá) de canela

•raspa de ½ laranja grande

•raspa de ½ limão grande

•¼ colher (de chá) de sal

•300 g de farinha

•2 colher (de chá) de fermento

•½ chávena (de chá) de nozes picadas

•1 clara

Preparação

Bata a gema e adicione progressivamente todos os ingredientes listados até ao sal. Quando a massa estiver homogénea, misture a farinha e o fermento. Por fim, introduza as nozes e junte a clara batida em castelo bem firme à massa, envolvendo com uma colher. Leve a cozer a 180º C, em forma untada com manteiga e polvilhada com farinha, aproximadamente 1 hora. Desenforme depois de frio e polvilhe com açúcar em pó.

      

A turma do 1.ºA

                  

Setembro de 2015

Oficina de sabonetes

 

Foi o que a turma do 1.ºA fez no regresso às aulas, reutilizámos os restinhos de sabão e sabonete que havia lá por casa e fizemos com a nossa professora novos sabonetes, coloridos e muitos cheirosos e o mais divertido foi ver a firma que ganharam nas nossas forminhas de praia.

Aqui fica o procedimento:

Ingredientes

·         200g de aparas de sabonete/sabão;

·         200ml de glicerina líquida;

·         200ml de água;

·         Corante alimentar;

·         Essência à escolha;

·         Formas de praia.

 

Procedimento

·         Num tacho dissolve as raspas de sabonete na água, até entrar em ebulição;

·         Acrescenta a glicerina líquida e mexe bem;

·         Escolhe a cor de corante que queres para os teus sabonetes e acrescenta algumas gotas;

·         Se não tiveres essência para acrescentar aos teus sabonetes podes colocar umas gotas de óleo de bebé que fará o mesmo efeito;

·         Distribui o preparado pelas forminhas de praia que escolheste e deixa solidificar;

·         Depois é só desenformar.

 

   

A turma do 1.º A

 

 

 

   

 

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It