Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Novembro de 2016

“Cesto dos Tesouros” – Objetos sensoriais…

 

O nosso tempo em sala é ainda muito dedicado à exploração individual do espaço, dos brinquedos… Queremos tocar, manipular, observar, puxar, reparar em pequenos pormenores, bater para fazer sons. As brincadeiras sensoriais têm assumido assim um importante papel nas nossas rotinas e na maneira como vamos aprendendo e, por isso, a Ana construiu novos objetos para estimular os nossos sentidos e desafiar-nos a novas brincadeiras. E foram um verdadeiro sucesso!

     

A equipa de sala

Novembro de 2016

 A caixa sensorial…

 

A propósito da partilha do “Pão-por-Deus”, os amigos do CATL construiram uma grande caixa sensorial, pensada de modo a estimular os nossos sentidos de cada vez que entrávamos e nos movimentávamos dentro dela. A “caixa sensorial de cartão” permaneceu depois na sala rosa durante todo o mês, de modo a que pudessemos continuar a explorá-la e a fazer as nossas descobertas. A caixa passou a ser o principal foco de brincadeira e todos adorávamos ficar lá dentro, “escondidos”, e espreitar pelos buraquinhos para ver o espaço de diferentes cores.

     

A equipa de sala

 

Outubro de 2016

“Cesto dos Tesouros” – Elementos do Outono…

 

O “cesto dos tesouros” voltou a aparecer na sala rosa, desta vez para trazer um bocadinho de Outono aos nossos bebés. Primeiro no refeitório, permitiu a exploração de vários frutos da época (maçãs, romãs, marmelos, diospiros, uvas peras, nozes…) – os bebés tocaram, sentiram o seu peso, textura, cheiro e ainda os provaram nas suas tacinhas. Numa outra manhã, lá estava o cesto no corredor quando abrimos a porta da sala, repleto de folhas de outono para nós espalharmos, pisarmos, atirarmos ao ar, observarmos…

     

A equipa de sala

Outubro de 2016

“Cesto dos Tesouros” – Utensílios de cozinha…

A propósito do Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro), os bebés da sala rosa reuniram-se em torno de um “cesto dos tesouros” com vários utensílios de cozinha para explorar! Descobriram sons ao bater com as mãos e as colheres nos alguidares, reconheceram alguns utensílios e imitaram instintivamente ações do quotidiano (beber pelo copo, mexer com a colher…). Exploraram, investigaram e observaram os resultados das suas diferentes ações sobre os objetos, sendo desta forma que descobrem as suas propriedades e que conhecem um pouco melhor a realidade que os rodeia. 

     

A equipa de sala

 

Setembro de 2016

“Cucu”… Entre tecidos!

Numa manhã, surgiu um estendal na sala rosa com muitos tecidos coloridos pendurados. A proposta de brincadeira estava lançada… As nossas mãozinhas esticavam-se para os alcançar e puxar, para depois a nossa cara tapar! Foram várias as interações e os “jogos de escondidas” que estes tecidos proporcionaram entre os bebés e adultos de sala, num momento descontraído de brincadeira e afetos.

     

A equipa de sala

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It