Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Junho e Julho no Pré-escolar...

 

Partilhamos algumas das atividades realizadas na valência de pré-escolar, durante os meses de junho e julho.

  • Praia na Figueirinha, 20 a 24 de junho- consultar aqui
  • Brincadeiras com água 27 junho a 1 julho- consultar aqui
  • "Cozinha" de areia e água, 4 a 8 de julho - consultar aqui
  • "Holidays in a box", 11 a 15 de julho - consultar aqui
  • Jogo "As 2 estradas", 18 a 22 de julho - consultar aqui
  • Pizza bolo e salada de frutas, 25 a 29 de julho - consultar aqui

A equipa de pré-escolar

21 de março de 2013

Dia do Pai

 

No passado dia 19 de março decorreu a comemoração do dia do pai no Colégio do Centeio, integrada nas comemorações da Quinzena do Património. 

Porém, para assinalar este dia, a equipa de sala organizou um momento de convívio mais intimista, no qual os pais realizaram uma atividade conjunta com os seus filhos e desfrutaram de um pequeno lanche.  

As propostas de atividades distribuídas pelas várias salas centraram-se nas temáticas abordadas na quinzena: figuras ilustres e datas importantes; gastronomia regional; património natural do Estuário do Sado; e património natural da Serra da Arrábida. Essas produções encontram-se atualmente integradas na exposição do colégio. 

Foi um fim de tarde divertido e de que proporcionou um ótimo momento de convívio, entre famílias, crianças e equipa de sala!

  

A equipa de Pré-escolar

05 de março de 2014

Carnaval

É um período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da Idade Média. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou do latim "carne vale" dando origem ao termo "Carnaval". Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX.2 A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. (in Wikipédia)

No Colégio do Centeio o Carnaval é levado muito a sério, miúdos e graúdos vestem-se a rigor e brinca-se ao som de música alegre durante todo o dia. A manhã começou com o desfile, onde todas as crianças do colégio participaram. Este teve lugar no exterior do pré-escolar e foi acompanhado de um sol radiante. Depois a brincadeira continuou, livre pelo exterior, onde princesas, zorros, animais, reis, cavaleiros e muitas outras personagens fantásticas saltaram, pularam e riram muito!

   

A equipa de pré-escolar

 

8 de Janeiro de 2014
Dia de Reis…

Segundo a tradição no Dia de Reis come-se bolo-rei. No dia 6 de janeiro, as crianças da sala laranja confecionaram um bolo-rei.

Depois de a massa ter sido muito bem amassada pelas educadoras e de ter ficado a levedar durante duas horas, chegou a vez de as crianças colocarem a mão na massa e de cada dar forma ao seu bolo-rei.

Primeiro começámos por fazer uma bola com a massa, depois fizemos um buraco no meio e por fim decorámos o nosso bolo-rei com as frutas cristalizadas.

Depois de ir ao forno, o nosso bolo-rei foi embrulhado para o podermos levar para casa e saboreá-lo na companhia dos nossos pais e familiares.

  

 

CURIOSIDADES SOBRE O BOLO-REI…

“Por detrás do bolo-rei está toda uma simbologia com 2000 anos de existência. (…) pode dizer-se que esta doce iguaria representa os presentes que os três Reis Magos deram ao Menino Jesus aquando do seu nascimento. Assim, a côdea simboliza o ouro; as frutas, cristalizadas e secas, representam a mirra; e o aroma do bolo assinala o incenso.

Ainda na base do imaginário, também a fava tem a sua "explicação". Reza a lenda que, quando os Reis Magos viram a estrela que anunciava o nascimento de Jesus, disputaram entre si qual dos três teria a honra de ser o primeiro a brindar o Menino. Com vista a acabar com aquela discussão, um padeiro confecionou um bolo escondendo no seu interior uma fava. O Rei Mago a quem calhasse a fatia de bolo contendo a fava seria o primeiro a entregar o presente. O dilema ficou solucionado, embora não se saiba se foi Gaspar, Baltazar ou Belchior o feliz contemplado.

O bolo-rei terá, aliás, surgido em França, no tempo de Luís XIV, para as festas do Ano Novo e do Dia de Reis. Com a Revolução Francesa, em 1789, a iguaria foi proibida, mas, como bom negócio que era, os pasteleiros continuaram a confecioná-lo sob o nome de gâteau des san-cullottes.

Por cá, depois da proclamação da República, a proibição do bolo-rei esteve também prestes a acontecer. No entanto, passado esse período negro, a história deste bolo tem sido um sucesso e todas as confeitarias e pastelarias se enchem de clientes para adquirir o rei das iguarias nesta quadra festiva.”

in http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=633068&page=1

 

A equipa de pré-escolar

O clube Centeatro apresentou a peça "Natal às escuras"

O clube Centeatro da valência de 1.º CEB, apresentou a todas as valências o seu projeto teatral "Natal às escuras". Uma história criada pelos próprios alunos do clube... PARABÉNS!!

 

 

   

Mais artigos...

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It