Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Outubro de 2015

Projeto: "As aves que não voam"

 

Quase no final do mês de outubro surgiu o nosso primeiro projeto de sala, proposto pelo Guilherme e, desta vez a temática são as aves que não voam. Em todos os projetos que fazemos, começamos sempre por procurar saber o que as crianças da sala já sabem acerca deste assunto, de seguida falamos sobre o que elas querem saber e, por fim, conversamos acerca de onde podemos pesquisar informação que responda às dúvidas apresentadas.  

O que disseram foi:

O que sabemos…

As galinhas não voam. L.

As avestruzes também não voam e os flamingos. G.

Estas aves têm asas, mas não voam. F. M.

Elas não têm asas. L.

Elas não voam porque têm de ficar sempre na água. G.

As galinhas têm asas e não gostam de água. F. M.

Os patos bebés não voam. L.

Eu acho que as aves que não voam têm um problemas nas asas. L.

 

O que queremos saber…

Porque é que estas aves não voam?

Quais são as aves que não voam?

Existem aves que não voam em todos os continentes?

 

Onde procurar….

No computador;

Ir com os pais a todos os países procurar.

  

A equipa de sala

 

Outubro de 2015

Herberto

 

“Herberto” é o título desta obra, editada pela Bruaá Editora, da autoria de Lara Hawthorne. Lara é uma talentosa artista que editou o seu primeiro livro, onde aborda a temática da criação, e que, com certeza deixou “um rastro” na memória das crianças da sala amarela. 

A atividade desenvolvida em sala começou com a leitura do livro e, posteriormente estendeu-se ao desenho e construção de fantoches com as personagens que entram na história: uma lesma  que passa os dias a comer alface, uma aranha que faz uma obra-prima, umas formigas arquitetas, um escaravelho-bosteiro que empurra uma bola feita de uma malcheirosa bosta de vaca e uma bonita mariposa. 

Ao grupo das crianças mais velhas coube a tarefa de construção dos fantoches e o ensaio das falas dos animais e,  a apresentação do teatro foi feita ao grupo das crianças mais novas. Depois de terminarem a apresentação, foi tempo de todos, em conjunto,  brincarem livremente com o fantocheiro e com os fantoches que foram construídos.

    

A equipa de sala

 

Setembro de 2015

Desenho à vista

 

O exterior do Colégio, um espaço privilegiado que temos, devido à sua extensão e à riqueza de fauna e flora que por cá encontramos, não foi esquecido no início deste ano letivo. Como tal, fizemos vários passeios à horta, onde nos deliciámos com as framboesas, que nesta altura do ano estão bastante doces. Visitámos a quintinha pedagógica, o sobreiral e caminhámos bastante, de forma a conhecermos todo o espaço exterior que temos. 

Através da leitura do livro “Mãos à obra: cada casa a seu dono”, editado pela ORFEU MINI, ficámos a saber que ser arquiteto até nem é algo muito difícil, pois tal como refere Didier Cornille, autor deste livro, “Arquitetura? É fácil. Uma porta, duas janelas e um telhado”. Assim, fomos até ao ponto mais alto do exterior, levámos papel e um lápis de carvão e fomos desenhar à vista, uma parte do nosso Colégio.

     

A equipa de sala

Setembro de 2015

Sala Amarela: Quem somos?

 

Neste início de ano letivo, escolhemos fazer o auto retrato como forma de nos darmos a conhecer aos pares e à restante comunidade educativa, com a exposição dos mesmo no nosso placard do exterior da sala. Para percebermos como se desenham rostos, observámos algumas obras feitas por um artista plástica italiano, o Amadeo Modigliani que ficou bastante conhecido por pintar retratos de homens e mulheres. De forma, a fazermos esta atividade de uma forma interessante e divertida, decidimos fazer uma caixa-cabeça.

    

A equipa de sala

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It