Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Dia dos Namorados

No dia 14 de fevereiro comemorámos o Dia dos Namorados.

Logo pela manhã, a Inês contou-nos duas histórias relacionados com o amor: “O meu amor” e “Como é que o pai e a mãe se apaixonaram”.

De seguida, falámos um pouco acerca do que é o amor/amizade para cada um de nós e logo aqui descobrimos que existem várias definições para a palavra AMOR.

Após esta conversa pintámos umas folhas com a técnica do berlinde e quando estas secaram, a Inês e a Raquel ensinaram-nos a fazer corações em origami. Adorámos o resultado final de todas aquelas dobragens!

Já no final da manhã apareceu na nossa sala o carteiro do “Correio da Amizade”, trouxe muitas cartas para a Sala Azul, sendo que, todos recebemos uma carta de algum amigo(a), neste dia especial.

À tarde a Raquel e a Graça apresentaram-nos um teatro de fantoches, com base na história: “As três fadas da amizade”, que nos falou da importância da amizade.

Foi um dia cheio de carinho, amor e amizade!

 

 

O nosso amigo Rafa!

No dia 24 de janeiro recebemos uma encomenda na Sala Azul. Era uma caixinha amarela, que trazia uma rima e duas peças de um puzzle. Tudo nos indicava que seria divertido e possível encontrar as restantes peças do puzzle no colégio, como tal partimos à descoberta! Ao longo dos corredores encontrámos várias adivinhas relacionadas com o nosso projecto da chuva e junto de cada uma estava mais uma peça do puzzle. Por fim, chegámos ao centro de recursos e lá estava a última peça do puzzle e juntamente com esta uma carta e imaginem só quem estava ao lado da carta, sentado em frente ao computador, o Rafa claro! Pois é, finalmente conhecemos o nosso amigo especial, descobrimos que ele tem andado a viajar com a família, que é um pouco tímido, mas que quer ficar connosco até ao fim do ano. A partir do momento em que o conhecemos ficámos fascinados com ele, desde esse dia que ele acompanha toda a nossa rotina, sendo considerado por todos como mais um menino da sala.

O Rafa vai continuar a acompanhar-nos, no colégio: nas brincadeiras, nas descobertas, nos trabalhos… e na nossa casa, passando um fim-de-semana connosco. Após um sorteio ficou decidido qual o fim-de-semana que o Rafa passa com cada um de nós, sendo que, o grande objectivo é que ele vivencie todas as experiências desse fim-de-semana connosco. O Rafa levará consigo uma folha para registo escrito e fotográfico das vivências mais significativas desse fim-de-semana, sendo que, tanto a folha como o Rafa voltam connosco para a escola na segunda-feira de manhã para mais uma aventura. Vai ser um fim-de-semana em cheio!

 

 

 

Chegou o Inverno!

Papás, no dia 7 de janeiro o Inverno chegou à sala Azul. Ouvimos a história: “A Bruxa Mimi no Inverno” e descobrimos algumas curiosidades acerca do Inverno: o vestuário que utilizamos, o tempo desta estação e que existem animais que hibernam e outros que emigram.

De seguida, pintámos livremente um mural de Inverno, o que foi bastante divertido como podem ver!

 

 

 

O grupo de meninos da tarde pensou em palavras relacionadas com o Inverno, surgiram palavras como: Pólo Norte, frio, vento, chuva, neve, árvores sem folhas, luvas, cachecol e gorro. Depois de as escreverem, fizeram a sua ilustração, construindo um ficheiro de palavras relacionadas com o Inverno. Afixámos ainda o nosso mural e as palavras recolhidas no exterior da sala para anunciar a chegada do Inverno.

 

Quinzena de Natal no Colégio do Centeio

Esta quinzena realizou-se entre os dias 10 e 21 de dezembro, contemplando duas semanas repletas de animação e com todo o encanto e magia que a época natalícia proporciona.

Iniciou-se então no dia 10 de dezembro, com a apresentação de um teatro de fantoches, baseado no livro: “Sabes Maria, o Pai Natal não existe”. Esta atividade foi promovida pelas estagiárias do pré-escolar.

No dia 11 de novembro realizou-se um concerto de Natal inter-salas, que contou com a participação de todas as valências, num momento de convívio, partilha e muita diversão.

No dia 14 de dezembro assistimos a uma apresentação do Centeatro, que se baseou numa história em que o Pai Natal se tinha deixado de dormir e como tal, esqueceu-se que tinha que entregar os presentes, será que se iri aperceber de tal erro a tempo de salvar o Natal. Foi muito divertido e empolgante para todo o grupo.

No dia 17 de dezembro assistimos à apresentação de um teatro de sombras chinesas, baseado na história: “Uma noite de Natal”, dinamizado pelas auxiliares de pré-escolar. Foi muito interessante pois cativou o grupo e deu-lhes oportunidade de contactarem com outra forma de representação.

Para finalizar, no dia 21 de dezembro assistimos à Hora do Conto, através da apresentação do livro: “O bicharoco que era oco”, pela autora do livro, Ana Ventura. Foi uma apresentação diferente, que contou com a participação ativa das crianças, o que lhes despertou ainda mais interesse.

Ao longo da quinzena, na sala Azul, escrevemos uma carta ao Pai Natal, que nos permitiu trabalhar o conceito de simetria, ao longo da sua construção, e ainda trabalhámos as figuras geométricas, recorrendo às mesmas e à nossa criatividade para a construção de símbolos de Natal.

Ao longo desta quinzena a exposição das estrelas feitas pelas famílias foi também um sucesso e deu cor e alegria aos corredores do nosso colégio, um muito obrigado a todos os que participaram.

 

 

O Pinheiro de Natal

Papás, com a chegada do Natal, nestas duas últimas semanas desenvolvemos algumas atividades relacionadas com os pinheiros.

No dia 5 de dezembro, ouvimos o poema “Doze Pinheirinhos” e começámos por identificar as palavras do poema que rimavam, descobrimos ainda algumas palavras que rimavam com as do poema e quantas sílabas tinham essas palavras. Com as palavras que surgiram, inventámos uma história de Natal, chamada “O Natal da Constança” e os mais velhinhos ilustraram-na. Este grupo realizou ainda duas atividades relacionadas com a terminação das palavras e com a divisão silábica.

No dia 11 de dezembro, o grupo de crianças mais velhinhas da sala azul decidiu construir um pinheiro. Para a sua decoração tínhamos disponíveis duas figuras geométricas, o triângulo e o quadrado, com diferentes cores (amarelo, azul e vermelho) e com diferentes dimensões (pequeno, grande e médio). Formámos alguns conjuntos consoante os critérios das figuras geométricas e pudemos organizar as figuras por uma ordem crescente ou decrescente. Depois dos conjuntos formados decorámos o pinheiro com as figuras selecionadas. Realizámos ainda outra atividade, preenchendo uma tabela de dupla entrada, na qual colocámos as figuras geométricas tendo em conta os símbolos representados (a figura e a cor).

Para terminar, no dia 12 de dezembro observámos um ramo grande de pinheiro bravo, sendo que, os mais velhinhos fizeram o desenho da sua observação e ainda descobriram as partes constituintes do pinheiro: as folhas, a flor feminina e a flor masculina.

Ficámos então a conhecer melhor os pinheiros e a saber que as nossas árvores de Natal se chamam pinheiros, mas que devem ser artificiais, para preservarmos o ambiente!

 

 

 

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It