Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Outubro de 2015

Outono

 

Desde o final do mês de setembro que temos vindo a descobrir as surpresas que o Outono nos reserva. Antes de mais queríamos agradecer a participação dos papás na recolha das folhinhas, pois com a vossa ajuda os nossos trabalhos ficaram ainda mais ricos. 

Começámos por descobrir algumas palavras da família do outono e com elas construímos um ficheiro: “O Ficheiro do Outono”. De seguida partimos à descoberta dos elementos da natureza que esta estação nos oferece e com eles construímos várias obras de arte no chão do nosso exterior e descobrimos uma outra forma de arte: “A Land Art”, que depois transportamos para a nossa sala, o que nos permitiu fazer um lindo mural do Outono. Ao longo deste passeio recolhemos também folhas das diversas árvores que estão pelo exterior do colégio e com elas fomos à descoberta das suas características. Fizemos ainda um jogo de pistas, intitulado: “À descoberta do Outono” e registámos o que considerámos mais relevante no nosso caderninho de naturalista. Fizemos ainda um jogo dos sentidos, onde através do paladar descobrimos os diferentes frutos do outono e através do tato alguns elementos da natureza. Ouvimos a história: “A Magia da Estrela do Outono” e tendo por base a mesma e os frutos que descobrimos construímos um mobile para a nossa sala. Com o grupo dos mais crescidos ainda trabalhámos alguns conceitos matemáticos, como a ordem decrescente, através da estampagem de folhas do outono. Muitas foram as surpresas que surgiram e com elas descobertas maravilhosas, nesta estação encantadora.

     

A equipa de sala

Outubro de 2015

Dia do animal

 

No âmbito do Dia do Animal recebemos a visita de um dos membros da Associação: “Sobreviver”, que nos apresentou a associação e nos deu a conhecer as diversas formas que existem para ajudar os animais que estão alojados na associação, uma delas através da doação de alimentos, tal como a ação que decorreu no nosso colégio e na qual ainda podem participar.

Ainda no âmbito do Dia do Animal e com as folhas que recolhemos no colégio e com os pais decidimos dar asas à nossa imaginação e criar lindos animais a partir das folhas, sendo que, cada um escolheu o seu animal preferido e o resultado final foi surpreendente e muito original. 

     

A equipa de sala

Setembro de 2015

Festa dos padrinhos e afilhados 

 

Olá papás! Mais uma vez decidimos dar continuidade a esta festa dos padrinhos e afilhados, pois pensamos ser uma forma de integrar melhor os novos meninos no grupo da Sala Azul, dando-lhes mais segurança, confiança e auto estima. Quanto aos padrinhos, alguns deles finalistas no presente ano-letivo, este tipo de iniciativas permite-lhes trabalhar o sentido de responsabilidade, o espírito de entreajuda, a cooperação e o companheirismo. 

Como tal, no final do mês de setembro, fizemos uma pequena festinha, que foi muito simbólica e marcante para todos os participantes e acima de tudo muito divertida para todos os meninos da Sala Azul. Os meninos novos da Sala Azul tiveram direito a um diploma preparado pelos seus padrinhos e ainda fizemos jogos tradicionais, foi uma manhã em cheio!

Deixamos-vos algumas fotos que ilustram esta manhã…

     

A equipa de sala

 

 

 

Setembro de 2015

À descoberta do grupo

 

Ao longo do mês de setembro e depois de termos conhecido todos os meninos e meninas da Sala Azul, chegou a altura de nos conhecermos enquanto grupo. 

Tudo começou com a história: “Cá em casa somos…”, de Isabel Minhós Martins, que transformámos em “Cá na sala somos…”, da autoria da Sala Azul. Como tal, surgiram uma série de mecanismos que nos permitiram organizar os dados referentes às idades, alturas e géneros das crianças da sala azul. Desta forma, com base no mapa das idades construímos um gráfico, que nos permitiu descobrir quantos meninos de cada faixa etária existem na sala, intitulada - “Cá na sala somos”. Com base no mapa de género, construímos uma tabela que nos ajudou a descobrir quantos meninos e quantas meninas existem na sala. Por fim, construímos uma régua das alturas e com base na mesma um gráfico com desenhos, que nos permitiu descobrir quem é o mais alto da sala e quem é o mais baixo intitulado – “Cá na sala o maior é…”

Ficam aqui algumas fotos que ilustram estas descobertas do grupo, que foram feitas em equipa!

    

 

A equipa de sala

 

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It