Colégio do Centeio

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

O que fazem os bombeiros…

No âmbito do projeto curricular do nosso colégio, Colégio do Centeio : espaço seguro e potenciador de aprendizagens, temos trabalhado várias questões relacionadas com o plano de segurança e com as medidas a tomar em caso de incêndio ou de sismo.

Com o intuito de dar continuidade ao trabalho desenvolvido em sala, recebemos a visita de um no dia 3 de abril, para nos falar um pouco sobre a sua profissão e sobre quais são as competências de um bombeiro.

Explicou-nos que a função do bombeiro é ajudar as pessoas quando estas necessitam, seja por motivos de incêndio, acidente, sismo, necessidade de transporte adequado ou ainda para resgatar animais.

Após assistirmos atentamente a esta apresentação, regressámos à nossa sala e, pouco depois, soou o alarme, razão pela qual todas as valências fizeram o exercício de evacuação, tal como treinado várias vezes anteriormente e, uma vez mais, provámos que somos capazes de responder a este sinal de emergência adequadamente!

 

A nossa Horta Pedagógica…

No dia 25 de março, fomos mais uma vez até à nossa horta pedagógica.

Como uns verdadeiros agricultores saímos da sala com a enxada na mão e partimos à descoberta da nossa horta. Será que as alfaces roxas que já tínhamos plantado já estavam prontas para serem apanhadas?

Quando lá chegámos dirigimo-nos primeiro à horta da sala laranja, para plantar alfaces, couve roxa, couve portuguesa e couve lombarda.

Depois da plantação e de identificarmos o que tínhamos plantado, fomos até à estufa.

 

 

Quando lá chegámos, vimos que as alfaces roxas estavam boas para serem apanhadas… e assim foi…

Apanhámos as alfaces roxas e depois na sala preparámo-las para o nosso almoço. Depois de lavadas e bem desinfetadas estão prontas para serem saboreadas!

 

Dia do Pai…

No passado dia 19 de março decorreu a comemoração do dia do pai no Colégio do Centeio.

Na sala laranja aprendemos um poema sobre o pai; ouvimos a história: “Pê de Pai”; desenhámos os nossos pais com recurso a lápis de cera e tornámos o nosso desenho articulado; depois fizemos o registo “O meu pai é especial…”; e como não podia deixar de ser construímos uma prenda para o nosso pai.

Porém, para assinalar este dia, a equipa do colégio também preparou algumas atividades dirigidas a pais e filhos.

Este ano, pais e filhos do colégio tiveram à sua espera uma gincana desportiva, que integrou diferentes propostas de atividades, repletas de energia e muita animação!
Apesar do estado do tempo não ter sido o melhor, todos tiveram oportunidade de usufruir de um momento de convívio no interior do colégio.

Foi um fim de tarde divertido e que mais uma vez aproximou todos os parceiros educativos: crianças, famílias e equipa do colégio!

 

Ação de recolha de medicamentos fora de prazo…

O Colégio do Centeio, numa parceria com a Farmácia Sália e a Valor Med, iniciou um projeto que visa promover a recolha de medicamentos fora de prazo ou em desuso.

Este projeto tem como principal objetivo, sensibilizar e informar os alunos e suas famílias sobre a Reciclagem de Medicamentos e está integrado no Plano Anual de Atividades do Programa Eco-Escolas do Colégio do Centeio. Para além disso, também se pretende estimular a interação dos alunos com a comunidade (escolar, familiar e civil) e promover a expressão artística, através da decoração dos contentores para recolha dos medicamentos.

Desta forma, no dia 5 de março recebemos a visita de uma farmacêutica que se chamava Inês e que nos explicou a importância de reciclar os medicamentos e o que lhes acontece se o fizermos e se não o fizermos.

Na nossa sala ficou então um contentor para nós decorarmos, que depois ficou durante alguns dias na farmácia Sália para que todos possam depositar os medicamentos fora de uso ou fora de prazo.

 

 

Projeto “O Carnaval em Portugal”

Durante as semanas que antecederam esta data festiva, a Sala Laranja fez um projeto sobre o Carnaval em Portugal, nomeadamente, sobre os Caretos de Trás-os-Montes e os Cabeçudos de Torres Vedras. Através deste projeto tivemos a oportunidade de conhecer dois dos carnavais mais típicos de Portugal. Com a ajuda da professora Sandra ouvimos o tipo de música que se ouve em cada um destes carnavais. Por fim, cada um de nós teve a oportunidade de construir uma máscara dos Caretos e em pequenos grupos, construímos uns cabeçudos com a técnica do balão e do jornal.

No dia 11 de fevereiro, os amigos que estiveram presentes apresentaram o projeto à Sala Azul e também tiveram a oportunidade de conhecer o projeto deles, que se centrou no Carnaval de Veneza.

 

 

Autenticação

Social

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest
Pin It